Shadow

Sem feira do livro, Flipoços garante entretenimento com livraria exclusiva e área para conhecer autores

A escritora poços-caldenses, Aline Carvalho, levou marca páginas artesanais, com pinturas em aquarela e textos datilografados; tudo é feito por ela mesma para expor no festival.

O Festival Literário Internacional de Poços de Caldas (Flipoços) chega ao fim neste domingo (7). Pela primeira vez sem a tradicional Feira do Livro, o evento trouxe uma livraria para atuar exclusivamente durante a programação.

Entre os exemplares, estão obras de autores presentes no evento, além de livros diversos para despertar total atenção do público. Os títulos variam entre biografias, romances, dramas e os principais lançamentos.

Quem visitou evento sentiu falta da feira, mas não deixou de conferir a livraria. Segundo a organização do Flipoços, com essa transição para a Bienal do Livro, em 2024, a expectativa é que passem cerca de 10.000 visitantes pelo evento nesta edição.

Área de autores

Além dos livros disponíveis na livraria, há um espaço dedicado aos autores para sessões de autógrafos e exposição das obras, sejam eles escritores convidados ou então de livros que estão sendo lançados.

Uma das autoras poços-caldenses presentes no evento é a Aline Carvalho. Ela trouxe o livro “Preenchendo Vazios” para o festival conhecer e marca páginas artesanais, feitos por ela mesma para colocar à venda.

Aline conta que é professora de educação infantil em Poços de Caldas há mais de 20 anos. Ela usa o tempo livre para fazer os marca páginas e geralmente faz alguns de uma só vez. Eles possuem cerca de 20 x 6 cm, são feitos de papel reforçado e ainda encapados para não estragarem.

“Enquanto está secando a tinta de um, estou fazendo outro. Faço algumas primeiro e depois vejo qual texto combina com qual tema”, explica.

As artes são aquarelas delicadamente desenhadas pela artista, com textos datilografados em máquina de escrever. Tudo que é escrito é decidido pela Aline. Geralmente são trechos de poemas que estão no livro dela ou passagens inéditas escritas pela autora.

“É sobre meu dia-a-dia. São coisas que vejo na rua, às vezes uma paisagem. Então, eu vou e faço. Os poemas são do meu cotidiano mesmo, a inspiração vem coisas que faço no dia-a-dia. Eu que desenho, escrevo, faço tudo à mão”, conta.

Flipoços 2023

  • Flipoços – “Literatura e Fotografia, as histórias que as imagens não contam”
  • De 03 a 07 de maio – Espaço Cultural da Urca – Entrada Franca
  • Funcionamento – 09h às 21h
  • Livraria Exclusiva – Livruz, no hall de entrada da Urca
  • Para saber mais e acessar a programação completa da 18ª edição do Flipoços, acesse: https://flipocos.com/programacaoflipocos.html

fonte: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2023/05/07/sem-feira-do-livro-flipocos-garante-entretenimento-com-livraria-exclusiva-e-area-para-conhecer-autores.ghtml