Shadow

CS2: veja o que muda na nova versão de CS:GO anunciada pela Valve

A aguardada atualização de Counter-Strike para a engine Source 2 já está em fase de testes, embora limitado para usuários selecionados; confira a evolução do jogo de tiro

Counter-Strike 2 (CS2) foi oficialmente anunciado pela Valve na última quarta-feira (22). O título está em fase de teste limitado via Steam e tem previsão de lançamento ainda para 2023, durante o verão do hemisfério norte — ou seja, no inverno brasileiro. A nova versão trará update para o motor gráfico Source 2, algo muito aguardado pelos jogadores e, que, eventualmente, se tornou uma espécie de piada na comunidade devido à demora.

Além de melhorias na experiência gráfica e na gameplay por conta da engine atualizada, outra grande mudança no sucessor de CS:GO é a possibilidade de o título “Global Offensive” ser abandonado. Confira, a seguir, tudo o que muda em Counter-Strike 2 (CS2).

Novo visual dos mapas de CS2

Sem surpresas por conta da atualização para a Source 2, os icônicos mapas de Counter-Strike terão um visual repaginado com o novo motor gráfico. Vale ressaltar, porém, que tudo aquilo que se sabe a respeito de Dust2NukeOverpass, entre outros, não ficará desatualizado. Isso porque o grande foco da sequência é a melhoria gráfica, e não modificações profundas nas arenas e posições já conhecidas pelos jogadores.

Além do polimento geral nas texturas, um dos pontos mais notáveis do visual de Counter-Strike 2 é o uso de iluminação e reflexo em cada canto, tornando os mapas muito mais atraentes. A Valve também mencionou que os locais foram refeitos do zero para aproveitar a Source 2 ao máximo. Assim, vão passar uma sensação de familiaridade, mas, ao mesmo tempo, oferecer algo mais novo e bonito do que a versão anterior.

Smokes interativas

As granadas smoke (granadas de fumaça) sempre tiveram enorme importância no competitivo, sendo essenciais para várias estratégias. No Counter-Strike 2 (CS2), elas receberam grande atenção e, certamente, influenciarão bastante no estilo de jogo dos mais casuais e, principalmente, dos players profissionais. Isso porque, com a Source 2, elas vão afetar mais o ambiente, preenchendo espaços vazios e expandindo-se por corredores e janelas. Ainda, há todo o trabalho de iluminação da engine, que tornará as fumaças mais realistas.

Outra novidade relacionada às smokes são as interações, pois será possível abri-las e criar linhas de visão para surpreender adversários. Por exemplo, você poderá atirar no contorno do item para liberar pequenos espaços de visão. No entanto, as granadas explosivas (HEs) aparentam ser muito mais efetivas contra as fumaças, podendo retirá-las quase que totalmente do local antes de se dissiparem.

Os sub-ticks

Uma alteração muito mais técnica no jogo de tiro FPS da Valve está relacionada ao tick rate. Esse termo indica a frequência dos “ticks”, cálculos necessários para o servidor registrar cada movimento realizado pelos jogadores. No caso do Counter-Strike, devido à Source 1, esse tick rate poderia influenciar negativamente na movimentação e nos disparos com armas, fazendo com que milissegundos fossem o bastante para jogadores errarem uma ou outra jogada.

No Counter-Strike 2 (CS2), foram adicionados “sub-ticks” entre os “ticks”. Dessa forma, o servidor saberá exatamente quando o player realizou determinado comando e levará muito mais precisão para os disparos com armas, lançamentos de granadas e movimentação em geral.

Efeitos visuais e áudio

A Valve também fez questão de destacar os pequenos detalhes que a Source 2 conseguiu melhorar. Por exemplo, marcas de disparos e manchas de sangue aparecerão pelos mapas e servirão de informação para os jogadores. As chamas de uma molotov e a explosão da C4 dos terroristas terão maior realismo, uma vez que foram redesenhadas. Ainda, a interface inteira ganhou melhor polimento e novos efeitos, o que vai agregar mais à experiência.

Claro que não é apenas de visual que o Counter-Strike sobrevive. O áudio é outra peça fundamental de uma partida, pois os jogadores utilizam os sons para notar a movimentação de um adversário e serem capazes de se antecipar. Com a atualização para o Source 2, os efeitos sonoros foram refeitos para torná-los mais realistas e distintos. Houve ainda a preocupação em re-equalizar os ruídos para entregar uma experiência auditiva mais confortável.

CS2 em teste limitado no Steam

É importante lembrar que o Counter-Strike 2 está passando por um Teste Limitado (em inglês, Limited Test), de forma que apenas jogadores selecionados estão podendo experimentar as novidades. Ao fim dessa fase, a Valve irá colher todo o feedback dado e consertar possíveis problemas antes do lançamento oficial do jogo. A empresa ainda mencionou que mais detalhes sobre o CS2 serão revelados nos próximos meses.

fonte: https://www.techtudo.com.br/guia/2023/03/cs2-veja-o-que-muda-na-nova-versao-de-csgo-anunciada-pela-valve-edjogos.ghtml