Shadow

Argentina desenvolve teste rápido para detectar coronavírus

Segundo governo, resultados saem em duas horas após aplicação. Meta é fazer 200 mil exames por mês.

O governo da Argentina apresentou nesta sexta-feira (15) um teste rápido para a detecção do novo coronavírus (Sars-CoV-2) desenvolvido nacionalmente e que permite um resultado em duas horas.

Os primeiros testes serão produzidos durante os próximos 10 dias, e é projetada uma produção que permitirá 200 mil testes mensais. Não está claro qual o percentual de acerto desse tipo de exame.

É um teste do tipo molecular rápido, sensível, de baixo custo e fácil de operar, conforme anunciado.

O chamado “Neokit-Covid-19” permite obter resultados em menos de 2 horas com sensibilidade semelhante às técnicas atuais que requerem cerca de 12 horas em laboratório. O desenvolvimento foi concluído em um mês e meio de pesquisa, e o custo de produção de cada kit foi estimado em US$ 8.

Presidente da Argentina, Alberto Fernández, mostra teste para o novo coronavírus nesta sexta-feira (15) — Foto: AFP PHOTO / ARGENTINIAN PRESIDENCY / ESTEBAN COLLAZO

O exame foi desenvolvido por cientistas da Conicet, a agência estadual de ciência e técnica, em colaboração com um laboratório argentino. Segundo a Casa Rosada, a ideia é primeiro utilizar os testes dentro da Argentina. Somente depois haveria exportação.

“Isso vale ouro porque nos dá o direito de agir por nós, nós o produzimos e é para o nosso povo”, disse o presidente Alberto Fernández ao apresentar o teste junto aos ministros da Ciência e Tecnologia, Roberto Salvarezza, e Saúde, Ginés González Garcia.

Estúdio de animação divulga imagem 3-D mais precisa já criada do novo coronavírus

–:–/–:–

Estúdio de animação divulga imagem 3-D mais precisa já criada do novo coronavírus

“Isso foi feito por pesquisadores argentinos e produzido por um laboratório argentino. Isso é muito importante para o desenvolvimento de um país, porque mostra que não dependemos de outros, que podemos fazê-lo. Isso é soberania, e é isso que todos devem entender”, declarou Fernández durante o anúncio na residência de Olivos.

“Este teste é facilmente aplicável e há uma redução significativa no custo operacional”, acrescentou.

É a segunda vez que o governo argentino informa algum avanço no combate contra a pandemia de Covid-19. A anterior foi um teste para medir os anticorpos contra o coronavírus.

A Argentina registrava até esta sexta-feira 356 mortes em um total de 7.479 infectados, segundo a universidade Johns Hopkins. O país adotou uma quarentena severa em abril, mas algumas cidades já começaram nesta semana a relaxar as medidas de isolamento. Veja no VÍDEO abaixo.

Lockdown em Buenos Aires continua, mas outras cidades da Argentina relaxam

–:–/–:–

Lockdown em Buenos Aires continua, mas outras cidades da Argentina relaxam

fonte: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/05/15/argentina-desenvolve-teste-rapido-para-detectar-coronavirus.ghtml

Open chat
Clique na seta para digitar a sua mensagem