Shadow

2012: Um Ano Importante para todos os Brasileiros!

O ano está recheado de surpresas e presságios, que vão desde o fim do mundo até a escolha de novos representantes.

Para muitos, o ano começa no mês de março, após a maior festa popular existente em nosso país. Para outros, o ano já está passando depressa. Mas a verdade é que esse ano todos nós usaremos uma das principais ferramentas do Gestor, a tomada de decisão.


Toda e qualquer decisão tomada no âmbito pessoal ou profissional traz consequências às quais devemos mensurar o impacto futuro. Até uma falta de partido sobre determinado assunto poderá acarretar em resultados inesperados e até mesmo desastrosos em nossas vidas.

Um Gestor qualificado e eficaz é aquele que consegue medir o problema o qual irá enfrentar, tomando decisões em cima de um planejamento flexível, pautado em números concretos.

Um médico, por exemplo, cuida da saúde de várias pessoas, onde sua decisão sobre o procedimento a ser adotado depende de um estudo dos sintomas apresentados pelo paciente.

Nas Organizações ocorre o mesmo. O Gestor cuida da saúde da empresa, melhor dizendo, do que interessa a ela, das finanças. Uma decisão tomada de forma equivocada pode decretar o insucesso da mesma.

E um representante do povo, um Gestor Público, como deve proceder? Da mesma maneira! Tomando decisões importantes visando o bem estar da sociedade. Há diferenças? Claro. O “da mesma maneira” exposto acima refere-se a decisões eficazes. A intenção não é demonstrar aqui, por meio desse pequeno texto, como deve proceder a Administração Pública, mas salientar para o fato que a mesma se norteia de alguns princípios, os quais não são respeitados por alguns REPRESENTANTES DO POVO.

Tanto Executivo quanto Legislativo tem alguns de seus Gestores eleitos de forma direta pelo povo, pois “O poder emana do povo”, sendo o mesmo exercido por tais representantes.

Então, com o perdão da palavra e com todo o respeito, não podemos eleger pessoas que querem simplesmente status ou poder, promovendo verdadeiros “shows” com o poder político lhes dado pelo povo, utilizando-o para fins pessoais.

O mundo não vai acabar esse ano. Mas podemos e devemos evitar um insucesso do ponto de vista da Gestão Pública, elegendo representantes conscientes de seu dever, que é promover o Bem Estar Social como um todo, não só de um pequeno grupo de pessoas.

Fonte: https://administradores.com.br/artigos/2012-um-ano-importante-para-todos-os-brasileiros

Open chat
Clique na seta para digitar a sua mensagem